Páginas

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

TRE JULGA EMBARGOS DE ORTIZ JUNIOR
CONTRA REPROVAÇÃO DE SUAS CONTAS

Está nas mãos da desembargadora Diva Malerbi, relatora do recurso eleitoral que reprovou as contas de campanha de Ortiz Junior e Edson Aparecido de Oliveira, os embargos de declaração propostos pela defesa do tucano.

Desembargadora Diva Malerbi, relatora do processo que
reprovou as contas de Ortiz Junior, também votou a favor
da cassação do tucano. O julgamento ainda não acabou
Os embargos foram opostos no último dia 17 de julho, três dias após a publicação da sentença do TRE, que rejeitou por 6 votos a 0 o recurso de Ortiz Junior.

A novidade é que o último recurso de Ortiz Junior sobre a rejeição de suas contas de campanha de 2012 foi recebido pela Coordenadoria das Sessões do TRE nesta segunda-feira (04/08), ou seja, pode ser julgado a qualquer momento.

Os embargos de Ortiz Junior deverão ser rejeitados e o recurso subirá para o TSE, que dará a palavra final.

Rejeição de contas de campanha não dá cassação, mas inelegibilidade. O tucano luta para não se tornar inelegível por ter contas de campanha rejeitadas.

Esta é apenas a primeira batalha que Ortiz Junior terá pela frente no TSE.

A outra será após a confirmação de sua cassação pelo TRE, o que poderá ocorrer até o dia 19 de agosto, quando se completará um ano de sua cassação pela JE de Taubaté.