Páginas

terça-feira, 16 de setembro de 2014

MPE OPINA PELA REJEIÇÃO
A RECURSO DE PEIXOTO AO TSE

No que depender do MPE, o ex-prefeito Roberto Peixoto não disputará a eleição para o pretendido cargo de deputado estadual pelo PEN. Parecer do MPE, com data de segunda-feira (15/09), opina pelo desprovimento do recurso eleitoral do candidato.

MPE opina pelo desprovimento do recurso de Peixoto ao TSE
Peixoto foi impugnado pelo TRE com base na Lei da Ficha Limpa (135/10) por ter tido as contas de 2005, 2006 e 2009 rejeitadas pelo Tribunal de Contas confirmadas pela Câmara Municipal de Taubaté em 2013.

No parecer, que reproduzo abaixo, o MPE destaca o “estouro” no orçamento do município com a folha de pagamento e o não pagamento de precatórios.

Vale ressaltar que os precatórios não pagos por Peixoto foi a bomba relógio deixada pelo ex-prefeito Bernardo Ortiz ao seu sucessor, pois há precatórios que remontam ao primeiro mandato do velho caudilho.

O parecer é assinado pelo vice-procurador geral eleitoral Eugênio José Guilherme de Araújo.