Páginas

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

PRO VALE (PENSANDO EM VOCÊ)

José Carlos Cataldi*

FENÔMENO MARINA – O povo paulista dá sinais de estar cansando do PSDB. Não costuma eleger políticos com postura popular e inovadora. Apoiou a Marcha das Famílias, pedindo a manutenção do regime militar. Por isso surpreende em querer Marina Silva (PSB/REDE). Maior economia do país. Maior Colegiado eleitoral. Governado pelo PSDB desde 1983. Registra o maior crescimento de Marina. Segundo pesquisa do Ibope a candidata de oposição lidera a preferência do eleitor paulista (39%), seguida de Dilma (23%) e, só então, Aécio (17%).

FORÇA DE SKAF – Não fosse a força de Marina, Skaf não surpreenderia, crescendo 6 pontos e fazendo Geraldo Alckmin mudar o tom de sua campanha, após descer a 53 por cento. Está sinalizada a possibilidade de um segundo turno se a performance do ex-presidente do Senai e da Fiesps continuar em ascensão. Seu federal mais duro nos ataques a Alckmin, Major Olimpio (PDT) vem a Pindamonhangaba nesta segunda-feira, a uma da tarde, fazer corpo a corpo destacando a tibieza da política de segurança pública do atual governador na própria terra dele.

MARINHO PODE PESAR – O fato do Tribunal de Justiça de São Paulo ter mantido nesta quinta feira, (4/9/14), a ordem de afastamento do conselheiro Robson Marinho, do Tribunal de Contas do Estado, pode prejudicar o PSDB. Ele já foi quadro do partido e é acusado de receber US$ 2,7 milhões em propinas da multinacional francesa Alstom, entre 1998 e 2005. O conselheiro pretendia voltar ao cargo no Tribunal de Contas, do qual foi afastado no dia 11 de agosto, mas a desembargadora Maria Isabel Cogan, da 12ª Câmara do TJ-SP negou pedido de liminar textualmente: “Neste momento não verifico ser o caso de se refutar, de plano, entendimento da decisão agravada, razão pela qual indefiro o pleiteado efeito suspensivo”.

FICHA SUJA – Maluf não se importa de ser chamado de “Sr. Propina”, e, como sempre, vai recorrer no TSE. Teve negado o registro às eleições de 2014, enquadrado na lei da ficha limpa, por 4 votos a 3 no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo. O presidente da Corte, desembargador Antônio Carlos Mathias Coltro desempatou o placar.  

SONO AMBIENTAL – Onde dormem as autoridades ambientais em Pindamonhangaba. A plantação de eucaliptos que havia em frente à FATEC foi dizimada a fogo, quase chegando ao posto de gasolina 7 estrelas. A Mata da Padre está sendo devorada por tratores e serras, talvez por novo projeto de parcelamento de solo. E aí? Nada?

GV INICIA TESTES - As obras de implantação da Siderúrgica GV em Pinda devem terminar em 3 meses, quando começarão os testes na aciaria. A GV é motivo de orgulho para nós, Pindenses nativos e adotivos. Trata-se do maior investimento no Estado em 2014 (U$300 milhões). A expectativa para 2015, em produção normal e vendas, é gerar em torno de R$ 140 milhões de receita de ICMS para a municipalidade. Merece maior apoio.  

VOU APURAR – Ouvi de fonte de Brasília que o DNIT aprovou liberação da verba para rebaixamento da linha férrea em Pindamonhangaba. A mesma fonte ficou de enviar a publicação no Diário Oficial da União. Pergunta que não quer calar: por que não houve divulgação nem movimento para incrementar obra tão importante? Será que incomoda dar seguimento a mais um belo projeto do governo João Ribeiro? Pinda merece posturas mais altivas.

CARONEIROS DA CÂMARA – O juiz Hélio Aparecido Ferreira da Sena abriu vista das defesas dos vereadores que faziam uso irregular dos veículos oficiais da Câmara de Pindamonhangaba ao Ministério Público.  A publicação feita no DJE em 3 de setembro (nº 1725, página 2173/2175), permite ao promotor dizer, até o próximo dia 15, se pretende o prosseguimento da Ação Civil Publica 1000340-62.2014.8.26.0445. Para  você recordar, os dois vereadores confessaram o uso. Um alega que não sabia que não podia, embora já tenha ocupado diversos cargos na Mesa Diretora. O Outro, que usou o carro para tratar da saúde.

Falei e disse!

*José Carlos Cataldi é jornalista, radialista e advogado. Foi fundador da CBN. Atuou nas Empresas Globo, Radiobrás (Presidência da República); TV Rio/Record; Redes Manchete e Brasil de Televisão; foi 4 vezes Conselheiro Federal e Presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB. e-mail: josecarloscataldi@hotmail.coBlog:http://pensandovoce.blogspot.com.