Páginas

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

FEDERAÇÃO DE BANCOS ESTUDA
AÇÃO CONTRA GOLPE DA SAIDINHA

José Carlos Gomes, jornalista e advogado

A coisa chegou ao ponto da expressão saidinha de banco ganhar título no site de consultas Wikipédia comomodalidade de crime que consiste no assalto ou furto realizado logo após a vítima sacar uma quantia, na maior parte das vezes elevada, dos bancos e ou caixas eletrônicos”.

A alta incidência desse tipo de crime fez com o tema chegasse às mais altas confabulações da FEBRABAN - Federação Nacional dos Bancos, para traçar medidas concretas para combater o golpe que, invariavelmente começa nas dependências bancárias.

Medidas preventivas até aqui adotadas, como impedimento ao uso de celular e instalações de Câmeras no entorno das agências não tem sido suficientes, e os bancos perdem muito, uma vez que a justiça vem atribuindo responsabilidade a eles, mesmo quando o golpe se dá na rua, onde as vítimas são abordadas mediante informações passadas por olheiros do bando.

É dai que podem surgir soluções. Dor para banqueiro é quando dói no bolso.

Falei e disse!