Páginas

domingo, 19 de outubro de 2014

METALÚRGICOS DE TAUBATÉ SE
OMITEM EM MANIFESTO PRÓ-DILMA

O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté nunca foi politicamente aguerrido como o de São José dos Campos, por exemplo, ao qual servi como assessor de imprensa em 1985.

Neste sábado (18), o vereador Salvador Soares (PT) promoveu uma manifestação pró-Dilma, suprapartidária e intersindical.

Estiveram no salão dos Vicentinos de Taubaté representantes de vários sindicatos de trabalhadores, do PSOL e do PC do B

Ausente o mais importantes deles: o dos Metalúrgicos de Taubaté.

Não havia um dirigente do maior sindicato de trabalhadores de Taubaté.

O presidente dos metalúrgicos de Taubaté, Hernani Lobato, eleito com apoio indireto do prefeito Ortiz Junior (PSDB), tem compromisso com os tucanos taubateanos.

Que compromisso é este?

A mulher do sindicalista é funcionária nomeada na Prefeitura de Taubaté.

Neda Márcia Dias é funcionária da Secretaria de Saúde de Taubaté desde 12/03/14, com o salário de R$ 3.288,78.

Os metalúrgicos de Taubaté, principalmente os da Ford e da Volkswagen, sabem dessa relação quase umbilical?

Não conheço a qualificação profissional de Neda Márcia Dias, mas sei que ela foi assessora da vereadora Graça (PSB), onde ganhava mais de R$ 4 mil por mês.

Talvez a relação profissional da mulher dó presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté com o governo tucano de Ortiz Junior explique a ausência de Hernani Lobato do manifesto pró-Dilma realizado em Taubaté.

Não encontro outra explicação.

Abaixo, fotos da manifestação:

O encontro reuniu simpatizantes da candidatura de Dilma Rousseff, sindicalistas, jornalistas e políticos

Nilson Coutinho, da FEM-CUT, discursa. Fernando Borges do PSOL, está à esquerda. Na outra ponta da mesa o representante do PC do B. Ao centro, Salvador Khuriyeh, Isaac do Carmo e um diretor da FEM-CUT

Jornalista Fátima Andrade pede às mulheres que apoiem a reeleição da presidenta Dilma, observada pelo representante do PC do B