Páginas

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

NOVA TENTATIVA CONTRA GOLPE
NO SEGURO DESEMPREGO

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

A checagem das digitais do trabalhador para pagamento do seguro-desemprego começa a ser testada em dezembro, em Brasília.

A identificação pessoal por meio das impressões digitais, chamada de biometria, evita que uma pessoa se passe pela outra no momento de receber o seguro, dificultando a possibilidade de fraude no recebimento do benefício.

O governo está preocupado com a expansão dos gastos com o seguro-desemprego. Passaram de 5 milhões e meio em 2005 para quase 9 milhões em 2013, atingindo a cifra de 32 bilhões de reais.

Depois da fase de testes em Brasília a biometria no salário desemprego será testada em a Sergipe e Alagoas, e, depois, estendida a todo o país.

Fraude pode ser reduzida, mas sempre vai existir. Lembram-se dos médicos do Rio de Janeiro que fizeram dedeiras de silicone para burlar o cartão de ponto? Pena que a criatividade do brasileiro seja quase sempre para o mal.

Falei e disse!

NOTA DA REDAÇÃO: Ótima medida para diminuir fraudes, apesar dos espertalhões que pululam Brasil afora.