Páginas

terça-feira, 7 de outubro de 2014

O DIA CHEGOU PARA ORTIZ JUNIOR:
DEFESA ADMITE DERROTA NO TRE

O Tribunal Regional Eleitoral reúne-se nesta quarta-feira (8) para decidir o futuro do prefeito de Taubaté. A defesa de José Bernardo Ortiz Monteiro Junior (PSDB), a julgar pelo noticiário dos jornais O Vale e Gazeta de Taubaté, jogou a toalha e prepara outra linha de defesa: a anulação pura e simples da AIJE 587-38.

Talvez as “falhas” vistas no processo pela defesa do futuro ex-prefeito de Taubaté sejam a presença de um cheque no valor de R$ 34 mil, emitido pelo empresário Djalma Santos, descontado pelo marqueteiro Marcelo Pimentel; ou uma agenda, em folha timbrada da FDE, com os “compromissos” de Ortiz Junior com empresários do ramo de material escolar, que venderam R$ 40 milhões em mochilas escolares para o governo do Estado.

Ortiz Junior não era funcionário da FDE (nunca foi), mas atuava nos corredores da instituição com a desenvoltura de um chefe, como seu pai Bernardo Ortiz, que foi presidente do órgão até ser demitido por ordem judicial. Talvez esta seja uma das falhas do processo que o TRE julga nesta quarta-feira (8) e põe um ponto final na carreira política de Ortiz Junior, como pôs na de seu irmão, Diego Ortiz, que obteve ridículos 3.655 votos para deputado federal em Taubaté.

Advogado Marco Aurélio Toscano espera pela confirmação da cassação
de Ortiz Jr para entrar com pedido de anulação da AIJE 587-38
Estive na manhã de sábado no mercado municipal. As pessoas com as quais conversei acreditam que Ortiz Junior terá sua cassação mantida pelo TRE. Alguns afirmam que torcem pela derrota do tucano e quer vê-lo sair pela porta dos fundos do palácio Bom Conselho.

Ortiz Junior conseguiu o inimaginável, para quem se elegeu com quase 100 mil sufrágios, deixando de vencer a eleição no primeiro turno por muito pouco. A torcida pela sua cassação tem a mesma proporção da decepção que causou a pessoas importantes da cidade, não apenas pelas muitas promessas que fez e não cumpriu, mas pelo mal que está fazendo à administração municipal.

Ortiz Junior, hoje, é um cadáver político. Seus ossos devem ser enterrados nesta quarta-feira (8). Quem estiver interessado, acompanhe pelo grupo NOSSA TAUBATÉ (BLOG DO IRANI) pelo Facebook. Tentarei informar os taubateanos em tempo real.

Até lá!