Páginas

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

O QUE COMEMORAR NO DIA DO IDOSO?

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Não vejo o que comemorar neste dia internacional do idoso. A data foi instituída pela ONU em 1991. Desde então o número e a proporção de idosos cresce rapidamente. Nas últimas três décadas, o número dobrou. Em 2050, a população mundial de pessoas com idade superior a 60 anos chegará a um total de dois bilhões, o que significará uma importante mudança no perfil demográfico do mundo, com consequências para todos.

Por quê não vejo motivo para comemoração? O fator previdenciário incidente sobre as aposentadorias continua castigando a quem trabalhou tanto pelo país. Os lugares preferenciais nos transportes coletivos, estacionamentos, filas dos bancos e comércios, continuam sendo desrespeitados.

A única coisa que mudou foi o prazo para pagar o empréstimo consignado, esmola pré-eleitoral para favorecer aos netinhos endividados que se amparam nos avós.

A data é mais para irritar do que comemorar.

Falei e disse!