Páginas

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

TAUBATÉ REFLETE ACIRRAMENTO ENTRE
PT E PSDB NA CORRIDA PRESIDENCIAL

Os números das pesquisas Datafolha e Ibope divulgados nesta terça-feira (30/09) dão favoritismo à candidatura de Dilma Rousseff, quem pode se reeleger no primeiro turno da corrida presidencial para desespero da mídia, que apostou em Marina Silva (PSB).

Dilma pode vencer eleição no primeiro turno
Tardiamente, os poderosos jornais Folha de S. Paulo, o Estado de S. Paulo e O Globo, bem como seus “institutos” de pesquisa fazem “conta de chegar” para diminuir o vexame que passarão no domingo (5) quando as urnas forem fechadas e os votos, contados.

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2002

Entramos no século XXI elegendo alguém tipicamente da oposição ao regime militar – Luiz Inácio Lula da Silva, o operário que liderou as maiores greves da história deste país, no ABC, recebeu 68.657 votos em Taubaté, superando o conservador José Serra, que ficou com menos da metade dos votos dados ao petista: 30.310.

O carioca Garotinho (PSB) foi o terceiro mais votado naquela eleição, com 15.622 votos, á frente de Ciro Gomes (PPS), com 10.784 e dos nanicos José Maria de Almeida (PSTU), 826 votos; e Rui Costa Pimenta (PCO) com apenas 53 votos.

No segundo turno da eleição de 2002, Lula confirmou o favoritismo sobre Serra, abocanhando 84.432 votos taubateanos, contra 46.496, segundo o TSE.

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2006

Em 2006, ano em que foi reeleito, Lula foi fragorosamente derrotado por Alckmin em Taubaté: 83.556 a 48.572 no primeiro turno e 80.856 a 67.492 no segundo turno. Notem que o ex-prefeito de Pindamonhangaba perdeu 2.700 votos em Taubaté entre um turno e outro.

A ex-senadora Heloísa Helena, fundadora do PSOL, partido pelo qual foi candidata a presidente, obteve 10.026 sufrágios em Taubaté, à frente de Cristovam Buarque (PDT), com 2.919 votos; Ana Maria Teixeira Rangel (PRP), 148 votos; José Maria Eymael (PSDC), 113 e Luciano Caldas Bivar (PSL) em último com minguados 74 votos.

ELEIÇÃO PRESIDENCIAL DE 2010

Lançada candidata a presidente e apoiada por Lula, que estava deixando o governo com mais de 80% de aprovação popular, Dilma poderia vencer a eleição no primeiro turno, não fosse a mídia hegemônica, TV Globo á frente, “inventar” a candidatura de Marina Silva pelo PV.

Dilma Rousseff e Marina Silva protagonizaram o mais sensacional duelo na eleição presidencial: 44.219 votos para a petista contra 44.849 para Marina, uma diferença de apenas 630 votos a favor da candidata do PV.

Serra (PSDB) venceu em Taubaté com 66.852 votos, deixando para trás Plínio de Arruda Sampaio (PSOL) com apenas 1.668 votos; José Maria de Almeida (PSTU), 165; José Maria Eymael (PSDC), 92; Levy Fidelix (PRTB), 88; Ivan Martins Pinheiro (PCB), 58; e Rui Costa Pimenta (PCO) com apenas 23 votos, 30 a menos que sua votação de 2002.

Serra bateu Dilma em Taubaté no segundo turno: 93.067 a 59.316. o conservadorismo taubateano manifestou-se mais uma vez, ou seja, o PT só venceu em Taubaté quando Lula foi candidato a presidente.

Desta vez a história eleitoral presidencial em Taubaté pode ser reescrita, com vantagem para Dilma, que deve vencer nesta urbe quase quatrocentona com pequena margem de diferença para Marina (PSB). Apesar do esforço da mídia tradicional, Aécio deve amargar o terceiro lugar, por sua falta de carisma.

O eleitor taubateano precisa deixar o conservadorismo de lado e demonstrar, nas urnas, que o modelo atual de governo, se não é o melhor do mundo, pelo menos não impôs retrocesso ao país, apesar da crise econômica mundial.

Faltam apenas 5 dias para as eleições. Os ”institutos” admitem: Dilma pode ser reeleita no primeiro turno. Depende apenas de seu voto.