Páginas

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

COISAS QUE ME DEIXAM PERPLEXO

Fabrício Peres, professor

Embora não esteja mais em Taubaté e nem mantenha vinculo empregatício com o município, não consigo ignorar alguns fatos que ocorrem na cidade da qual aprendi a gostar.

Vi em 2013 as pessoas aderirem aos protestos, fazendo passeatas e manifestações com mais de 1000 pessoas, em uma ocasião específica, com certa manipulação de órgãos ligados aos estudantes, vimos mais de 10.000 nas ruas.

Recentemente recebi um convite para uma manifestação de "Fora Dilma", à qual não aderiu, é lógico.

Por mais que discorde do "Fora Dilma" reconheceria ser tão autêntico quanto o "Fora FHC", desde que não expressasse um inconformismo covarde e momentâneo de uma parcela da sociedade que mal compreende o processo democrático, aproveitando o movimento para estimular uma "Intervenção Militar" que para bom entendedor significa GOLPE!

Agora, já que existem inconformados que querem tirar a Dilma do poder, mesmo que ela não esteja envolvida em nenhum processo eleitoral ou administrativo, nem muito menos tenha sido condenada em nenhum tribunal, onde se escondem os mesmos inconformados que deveriam estar se organizando para agilizar a saída do atual prefeito de Taubaté?

Exceto alguns poucos dispostos, que desde o início do processo estão na luta pela saída de quem já provou não saber governar, vejo a grande maioria dos inconformadinhos quietinhos, sem reclamar.

E depois ainda querem dizer que são Apartidários e que Repudiam a Corrupção.

Enquanto eu não vir um grande grupo de taubateanos gritando "Ortiz Pede para Sair" ou "Justiça bota o Ortiz para correr", serei obrigado a acreditar que Taubaté merece o governo que tem.

Triste, muito triste.