Páginas

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

CONSUMIDOR CORRE RISCO DE
COMER TRANSGÊNICO SEM SABER

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Está ameaçado o direito à informação dos consumidores, quanto à composição de transgênicos nas fórmulas de alimentos.

A discussão sobre rotulação e venda em espaços separados desses produtos vai e volta na Câmara dos Deputados. Sempre seguindo manobras parlamentares.

Caso produtores e revendas sejam desobrigados da informação ao consumidor, correremos sério risco de comprar alimentos como óleos, bolachas, margarinas, enlatados e papinhas de bebê sem saber se são seguros ou não. Atualmente, cerca de 92 por cento da soja e 81 por cento do milho do País são de origem transgênica.

Os projetos em discussão tentam desvincular a matéria do Código de Proteção e Defesa do Consumidor que, em seu artigo 6º exige clareza na informação.

Hora da sociedade civil se unir em torno da questão. Cada um mobilizando o deputado em quem votou para dizer: não queremos mudança no Código de Defesa do Consumidor, nem legislação que isente o produtor de dar informação clara e precisa sobre as fórmulas...

É assim que se faz Cidadania.

Falei e disse!