Páginas

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

ORTIZ JR CORRE CONTRA O TEMPO,
MAS CONTUSÃO É IRRECUPERÁVEL

É temerário dizer que o prefeito-cassado Ortiz Junior (PSDB) não escapará da derrota no TRE-SP  após o julgamento dos dois embargos de declaração impetrados no TRE-SP.

Um embargo é conjunto: Ortiz Junior combate sua cassação e inelegibilidade decretada pela corte eleitoral paulista e Bernardo Ortiz não pretende encerrar sua carreira política inelegível.

Creio mesmo que o tucano jamais correu tanto em sua vida de nababo para escapar da degola cada vez mais próxima.

Os advogados de Ortiz Junior sabem jogar o jogo jurídico, que irrita a torcida, pois não sai da retranca, mesmo perdendo o jogo..

A defesa é forte, mas o ataque é fraco.

Não faz gol.

Quando muito, prega alguns sustos na torcida, mas seus chutes são enviesados, passam longe do alvo.

Na sexta-feira (14), quando os juízes do TRE-SP concordavam com o adiamento do julgamento do embargo de declaração interposto pelos tucanos Bernardo pai e Bernardo filho, contra a decisão de 4 de novembro, ouro embargo era interposto no TRE-SP.

Pois é! Na mesma sexta-feira (14), os advogados de Ortiz Junior interpuseram embargo de declaração em nome da coligação “Taubaté com tudo de novo”, como pode ser conferido aqui:

Andamentos
Seção
Data e Hora
Andamento
14/11/2014 15:07
Juntado ao processo RE Nº 587-38.2012.6.26.0141: E.Dcl. - Embargos de Declaração. pela Coligação Taubaté com tudo novo em face da decisão de 04/11/2014
14/11/2014 12:35
Recebido

Lance típico de um time desesperado, que está perdendo o jogo e sai desordenadamente para o ataque, chuta de qualquer distância, mas não atinge a meta adversária.

Não consegue empatar o jogo.

O árbitro dessa contenda será o procurador regional eleitoral André de Carvalho Ramos, que já deu parecer favorável à cassação de Ortiz Junior antes do julgamento do recurso eleitoral do tucano.

Os dois embargos estão na Procuradoria Regional Eleitoral.

André de Carvalho Ramos, procurador regional eleitoral
Tenho para mim que os dias de Ortiz Junior (PSDB) na Prefeitura de Taubaté estão contados.

Resta o TSE e, como alertou o jornalista e advogado José Carlos Cataldi, o STF. Há, à disposição de Ortiz Junior, um arsenal de recursos para se curar, mas o ferimento é grave, quase irrecuperável.

Por enquanto o tucano está na enfermaria. Se ele volta a campo? Depende do remédio que seus advogados ministrarem na justiça eleitoral.