Páginas

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

ESCÂNDALO! ISAAC DO CARMO
É "ACUSADO" DE TRABALHAR

Talvez se o ex-sindicalista e ex-candidato a prefeito de Taubaté estivesse "trabalhando" no tráfico, não merecesse as críticas que recebeu.

Mas não!

Isaac do Carmo "ousou" trabalhar na Prefeitura de Tremembé, que não está impedida de contratá-lo.

A notícia, provavelmente, foi vazada pela diretoria do Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté.

O patrulhamento hipócrita que se faz do novo emprego do ex-sindicalista é descabido.

Isaac não possui dois empregos.

Se a Volkswagen lhe concedeu licença sem remuneração para trabalhar no serviço público, qual o problema?

Trata-se de empresa privada. É um problema administrativo interno.

"Acusado" de trabalhar em Tremembé, Isaac é criticado por isso
Antes de "acusar" Isaac do Carmo de trabalhar, melhor faria o presidente da categoria, Hernani Lobato, se comprovasse que seu adversário é responsável pelo desvio de R$ 4 milhões dos cofres do Sindicato, como acusou em seus primeiros meses de gestão.

É isto que a laboriosa categoria dos metalúrgicos quer saber. Plantar "notícias" como esta apenas para tripudiar sobre quem perdeu três eleições seguidas não engrandece politicamente ninguém.

Interessante que na matéria que "denuncia" o emprego de Isaac ele é chamado de PETISTA, como se fosse crime ser petista, ou basta ser petista para ser criminoso.

É muita hipocrisia e mesquinhez política!

Que Isaac do Carmo colecionou muitos adversários ao ocupar a presidência do Sindmetal e se tornar dirigente do PT municipal e, posteriormente, se tornar candidato a prefeito pelo partido é fato

Isaac perdeu a eleição sindical e obteve de sua empregadora permissão, ou licença sem remuneração como diz, para trabalhar no serviço público.

Não consigo enxergar problema na situação.

Quem torna a política nojenta são os homens e sua pequenez.