Páginas

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

LOJAS PET NÃO PODEM MAIS
EXPOR ANIMAIS EM VITRINES

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Lojas especializadas na venda de animais de estimação terão que adequá-los ao habitat natural, com fácil acesso a água e a comida, em ambiente livre de barulho, com acesso restrito de pessoas e apresentar um veterinário responsável.

Mais uma conquista para ajudar na proteção dos animais! Caso as regras não sejam atendidas haverá multa e sanções administrativas.

O Conselho Federal de Medicina Veterinária considera que essa pratica tão comum no Brasil pode afetar o bem estar do animal.

O veterinário responsável técnico deve fazer inspeção diária do comportamento e assegurar que os animais não fiquem mais estressados em vitrines ou gaiolas, sem espaço para se movimentar.

Não deve permitir que os bichinhos sejam submetidos a cirurgias para extração de garras, caudas, cordas vocais e levantamento de orelhas.

Casos de maus tratos podem acarretar prisão de 3 meses a 1 ano, além de multa.

Ainda há muito o que fazer pelo bem estar e segurança dos animais, mas cada pequena vitória deve ser comemorada.

Falei e disse!