Páginas

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

AUMENTA O RIGOR CONTRA
DROGADOS NO TRÂNSITO

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Até que enfim. A partir de 30 de abril quem for tirar ou renovar a carteira de motorista nas categorias C, D e E terá de passar por exame toxicológico.

Até que enfim. Ainda acho pouco. Os exames deveriam ser periódicos e para os portadores de todos os tipos de carteiras.

De qualquer maneira é um primeiro passo. O exame deverá ser feito em laboratórios credenciados pelos órgãos de trânsito, capazes de certificar se o motorista consumiu maconha, cocaína, crack, merla, opiácios, heroína, ecstazy, anfetaminas e outros, nos últimos noventa dias, a partir de fios de cabelos ou pedaços da unha.

A verdade é que o rigor apenas contra o álcool ainda não foi suficiente para reduzir o número de acidentes. E o bafômetro não detecta se o motorista é usuário de outras drogas inibidoras dos reflexos.

O cerco está se fechando. É preciso atingir também os motoristas considerados amadores.

Falei e disse!