Páginas

terça-feira, 17 de março de 2015

PENAS MAIS RIGOROSAS PARA
DESENCORAJAR CRIMINOSOS

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha do PMDB do Rio, anunciou que colocará em votação quatro projetos que aumentam punições a criminosos, incluindo assassinos de policiais e menores infratores.

No caso de assassinatos de policiais, a proposta é desencorajar os criminosos com o tempo de prisão aumentado em até 50 por cento da sentença.

Outras duas propostas pretendem  combater ataques a caixas eletrônicos, em que são usados armamento pesado e explosivos. Alteram o estatuto do desarmamento, com penas de até 8 anos para quem for flagrado com fuzis, metralhadoras, e armas similares.

A pena por porte de explosivos pode chegar a 12 anos.

Mas, a grande expectativa é quanto ao projeto que endurece medidas contra menores infratores. Prevê aumento para até oito anos o tempo de internação de jovens que praticam crimes hediondos, e aumenta o rigor da punição ao adulto que induz o adolescente a praticar crime.

Haja espaço nas cadeias.

Falei e disse!