Páginas

terça-feira, 28 de abril de 2015

GOVERNO HUMILHA APOSENTADO DE
NOVO, COM A TAL DA PROVA DE VIDA

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

 A Previdência Social anuncia que vai bloquear o pagamento de mais 474 mil aposentadorias e pensões na folha de maio em todo o país. Quem não tiver feito a famigerada prova de vida só vai poder sacar os valores no fim do mês que vem e no começo de junho, após o cumprimento da formalidade, nas agências bancárias em que recebem os benefícios.

A folha de maio será rodada e enviada para os bancos com informações dos beneficiários que não comprovaram estarem vivos. O pagamento seguirá com código de bloqueio para os bancos que vão informar ao aposentado na hora em que pretender sacar. Assim, o segurado terá que validar seus dados para poder tirar o dinheiro.

Isso é uma humilhação. Toda hora o INSS vem com essa ameaça, prova cabal de sua incapacidade em cruzar informações com os cartórios de registros das pessoas naturais. Quando foi ministro, Ricardo Berzoíni fez isso e teve gente que morreu na fila.

Pela lei, os cartórios têm de informar a todos os órgãos governamentais os nascimentos e óbitos. Como o Instituto da Previdência Social é uma bagunça, em plena era da informática, não cruza as informações e obriga pessoas idosas, mutiladas e deficientes a irem aos bancos, entrarem em filas, para suprirem a incompetência estatal.

E isso acontece todo ano. É o fim!


Falei e disse!