Páginas

quinta-feira, 7 de maio de 2015

BRASIL, PÁTRIA EDUCADORA QUE
NÃO CUMPRE O QUE PROMETE!

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcus Vinicius Coêlho,  não descarta recorrer ao Supremo Tribunal Federal, para o governo estender o atendimento a novas inscrições ao FIES - Fundo de Financiamento Estudantil.

A Ordem já vem pressionando o governo a liberar mais verbas para atender 250 mil novas adesões. Um ofício encaminhado à presidência foi o primeiro passo.  Agora, se for referendado pelos conselheiros federais na sessão do dia 18, Marcos Vinicius que não aspira mais uma vaga no supremo, fica mais a vontade até para recorrer ao judiciário a fim de garantir que o Brasil seja realmente uma pátria educadora e não um país de promessas não cumpridas.

Falei e disse!