Páginas

quinta-feira, 21 de maio de 2015

BRASIL, PÁTRIA FRAUDADORA!

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Era só o que faltava. A pseuda viúva do ex-deputado José Janene teria pedido ao Presidente da CPI da Petrobrás, deputado Marco Motta, do PMDB da Paraíba que promovesse a exumação do corpo enterrado como sendo do marido.

Para isso teria dito que ninguém da família reconheceu o corpo que chegou ao Paraná em caixão lacrado, procedente do Incor de São Paulo.

A filha do ex-deputado José Janene, Danielle Janene, acusa o deputado Hugo Motta de mentiroso, e afirma que ele não deveria sequer presidir a Comissão de Inquérito, cometendo inverdades.

Motta agora estaria balançado quanto ao pedido de exumação. Mas antes chegou a declarar textualmente que se nem a pseuda viúva acredita que Janene esteja morto, muito menos a CPI pode acreditar.

Particularmente acho que investigar nunca é demais. Dizem que Janene estaria na clandestinidade em um país da América Central. Em verdade, teria motivos de sobra para sumir. Com o nome envolvido no valerioduto, mensalão, petrolão e todas as mutretas, pode muito bem ter simulado a morte para gastar, o que surrupiou, sem testemunhas e com identidade falsa.

BRASIL, PÁTRIA FRAUDADORA!

Falei e disse!