Páginas

quinta-feira, 7 de maio de 2015

O NEGOCIO DO SECULO XXI,
A TERCEIRIZAÇÃO DO LIXO

Ricardo Paulo Moreira, militante político

(Extraído do Facebook)

A parceria publico-privada para prestação de serviços de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, começou timidamente com R$ 1,3 bilhão, dai pulou para R$ 1,9 bilhão e fechou questão em R$ 2,063 bilhóes, realmente fica demonstrado que o reino , não tem amadores, mas ARMADORES, mas a realidade nos é mais severa, a triste realidade nos informa que este contrato ao findar dos 30 anos considerando a inflação media anual de 7% , a parceria terá gerado receitas brutas em torno R$ 8 BILHÕES.

Se a cidade continuar do mesmo, tamanho. Agora, se a cidade crescer a bolada cresce junto. Está bom para você, que esta assumindo esta tungada? É legal que a tramoia começa com os pais e vai chegar aos netos, 3 gerações sustentando a parceria da empresa privada com bolsos privados de quem não vai estar com a caneta no decorrer de 3 décadas?

Seria muito importante fazer as contas de quanto o município gastaria se mantivesse o serviço sob sua responsabilidade, já que entendemos que serviços públicos é atividade fim da prefeitura. É um samba de doido!  Assumiram a iluminação que era terceirizada pela bandeirante, agora devem terceirizar, só que de volta para a bandeirante terceirizar de volta para os fornecedores dela, mágica, não só criaram mais um tributo para os pagadores de impostos, a administração deveria ser mais cautelosa nesta questão de parceria, principalmente , para um executivo com sérios problemas na justiça e a beira de nova eleição.


De minha parte, sei que ficar no computador não vai ajudar em nada parar o processo, mas fica registrado que estaremos entrando em outro buraco financeiro pela irresponsabilidade do executivo e sua corriola de oportunistas, juntamente com o tal empréstimo caftão, o contrato da Sabesp e os imbroglios do transporte publico, vendo este panorama, o rouberto e sua trupe não passavam de gatunos pés de chinelos.