Páginas

sexta-feira, 29 de maio de 2015

BLOG DO CATALDI - 29/05/15



SEXTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2015

O DIA NA HISTÓRIA

SEXTA-FEIRA, 29 de maio. Faltam 217 dias para o fim do ano. 434 para as olimpíadas do Rio de Janeiro. dia do Estatístico e do Geógrafo. Instituição do primeiro campeonato mundial de futebol, a ser disputado dois anos depois no Uruguai (1928). Criação do Instituto Nacional de Estatística, mais tarde IBGE (1936). Morte da atriz Romy Schneider (1982). Tricampeonato Brasileiro do Flamengo por 3 a zero em cima do Santos (1983). Morte do Jornalista Leon Eliachar (1987) e do campeão Olímpico João Carlos de Oliveira – o João do Pulo (1999).  

AMANHÃ FOI ASSIM

SÁBADO, 30 DE MAIO. Dia do Decorador e do Geólogo. Casamento de Dom Pedro II, aos 16 anos, com a napolitana Teresa Cristina de Bourbon, por procuração. O casal se conheceu 3 meses depois no Rio de Janeiro (1843). Renúncia do senador Antonio Carlos Magalhães para evitar cassação, depois de denuncia da violação do painel de votações do senado, do qual era presidente. (2001).

DOMINGO, 31 DE MAIO. Dia internacional da Aeromoça. Dia Mundial do Comissário de Bordo, de Combate ao Fumo, do Enxadrista e dos Meios de Comunicação Social. Assinatura do armistício entre China e Japão (1933). Execução do carrasco nazista Adolf Eichman, em Israel (1962). Aniversário da atriz Brooke Shields (1965). Morte da pintora Djanira (1979), de Frei Damião (1997), do músico Cubano Tito Puentes (2000), do criador do personagem Pimentinha, publicado em mais de mil jornais em 48 países, Henry Ketcham (2001) e do narrador esportivo Maurício Torres (2014).

PRO VALE

PROTESTO - O noticiário da TV GLOBO denunciou manobra do SINDUSCON: Desconto de 3 por cento sobre o salário dos mais de 400 mil peões de São Paulo, sob o pomposo título “contribuição negocial assistencial”. Aos operários foi dado prazo de 10 dias para fazerem oposição ao desconto, por escrito, em letra cursiva e sem erros de português. Ora, ora... Resultado? Filas homéricas a porta do sindicato, liderado pelo deputado estadual Ramalho da Construção (PSDB) que teve perto de 3 mil votos aqui em Pinda, onde fez chapa com Rafael Goffi.

TOMBAMENTO OU DESABAMENTO? - A Capela Histórica do Santana, construída por volta de 1879, corre o risco de cair ou ser demolida pela Comissão de Obra da Nova Igreja. Justificativa: “necessidade do espaço para outros fins”. O Povo é contra. Luta pela memória histórica e afetiva do bairro. A Capela é tombada. Mas, se o MP não for rápido com a ação civil pública de n°4000306-0.2013.8.26.0445 o tombamento pode se consumar pela ação do vento.

ECOCHATICE - A estrada que liga Paraty a Cunha, a partir de Guaratinguetá, está em obras. Apenas um curto trecho de serra, na divisa com o Rio de Janeiro, não está pavimentado. Apesar disso, muitos aparelhos GPS indicam a Estrada Real Paraty-Cunha como alternativa de acesso ao litoral norte de São Paulo ou ao litoral sul do Rio de Janeiro. Não deixa de ser verdade... Mas a rota ainda é temerária. O percurso de 7 kms na Serra da Bocaina é desalentador. A restauração volta-e-meia é interrompida por discussão ecochata e infinita. Será que pretendem fechar a passagem, aberta no ciclo do ouro, por onde passava o minério procedente de Diamantina e Ouro Preto até o porto de Paraty, a pretexto de preservar o meio ambiente? O projeto de restauro não precisa necessariamente agredir a natureza. Entendeu o desembargador Guilherme Couto de Castro.

EMBARGO É PIOR - O ecochatos não percebem. A paralisação da obra pode provocar dano inverso. O Parque Nacional da Bocaina fica exposto a processo de degradação, em razão do acesso descontrolado de invasores, que se aproveitam da precariedade da estrada, onde a fiscalização não penetra. Além do mais, as movimentações de terra já realizadas acabarão por potencializar riscos de processos erosivos. Tomara que, em breve, o trecho seja concluído, com as ressalvas de preservação de encostas e taludes. A vista que se terá do uso regular da Estrada Paraty-Cunha é uma bênção compensadora. Mesmo para quem se atreve a transpor ali a Serra, na precariedade em que está hoje. Imaginem com a obra concluída...

NOITE DE GALA – Na Academia Pindamonhangabense de Letras acontece nesta sexta-feira, às 20 horas, o lançamento de dois livros importantíssimos: “Histórias de Uma Índia Puri”, de Mauricio Cavalheiro e, “A Face do Anjo”, de Alberto Santiago. Será em sessão solene, nas dependências do Museu Histórico e Pedagógico D.Pedro I e Dona Leopoldina em Pindamonhangaba. A programação também prevê apresentação musical dos Alunos da FASC; Homenagem ao acadêmico Dr. Nelson Pesciotta, saudado pelo Dr. Francisco Piorino Filho; Homenagem às Mães” por Brasilino Alves de Oliveira Neto, da Academia Caçapavense de Letras; e Conferência sob o tema “Novo Olhar Sobre os Cativos”, pela acadêmica  Gislene Alves.
.
RECOMENDO – Vem ai mais um livro de Gerson Jório. “Histórias Contadas Pelos Amigos”. Interessantíssimo. Dia 11 de junho às 20 horas na Ferroviária.

COBRANÇA – Felipe César (PMDB), desde que assumiu a presidência da Câmara, vem cobrando do Governador Geraldo Alckmin (PSDB), aumento do efetivo policial destinado a Pindamonhangaba. Tanto na esfera da Polícia Civil, quanto no que diz respeito à Polícia Militar.

PENA – O Amigo Jorge Gonçalves comunicou a este Colunista que não pode mais ficar na presidência da AMORPAS – Associação do Pasin. Pena. Combatemos juntos o bom combate por pelo menos 4 anos. Deixa o bairro organizado e sem violência. Mas, não pode mais sublimar sua vida particular. Felizmente passa a Diretoria para gente de bem: João Batista de Oliveira que era tesoureiro da Entidade e foi aclamado novo presidente. Torcemos para que faça uma boa gestão.      

CRESCIMENTO – Cresce entre a opinião pública o apoio ao magistrado Fábio Prates da Fonseca para concorrer a prefeito de Pindamonhangaba na próxima eleição. Pessoas mais chegadas avaliam que Fábio poderia sair pelo PT ou pelo PMDB. Nome muito forte! Honesto e corretíssimo. Certamente que pelo PMDB teria mais força para transformar Pindamonhangaba numa cidade melhor.

E AGORA GUGU? - Quero ver agora como fica Gugu Mello. De um lado o apoio velado ao velho nadador. De outro o amigo de infância, com laços de família...

José Carlos Cataldi é jornalista, radialista e advogado. Foi fundador da CBN e consultor jurídico da Rádio Justiça do Supremo Tribunal Federal. É detentor da Ordem do Mérito Judiciário – grau de comendador; Atuou nas Empresas Globo, Radiobrás (Presidência da República); TV Rio/Record; Redes Manchete e Brasil de Televisão; foi 4 vezes Conselheiro Federal e Presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB. e-mail: josecarloscataldi@hotmail.coBlog:http://pensandovoce.blogspot.com