Páginas

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

LULA, TEMER E RENAN SE REÚNEM
PARA COMBATER ONDA GOLPISTA

Informamos na noite de ontem (11) que hoje (12) haveria importante reunião Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente da República, entre o ex-presidente Lula, o presidente do Senado, Renan Calheiros, Michel Temer e a presidenta Dilma.

A informação está correta. Dela só não participa Dilma. Outros nomes foram agregados ao encontro.Também não será um almoço. Michel Temer, Lula, Renan, Romero Jucá e Eunício de Oliveira reuniram-se em um café da manhã, confirmado pela jornalista Tereza Cruvinel em seu blog.

"Duas reuniões marcadas para esta quarta-feira reforçarão o movimento anti-crise liderado pelo senador Renan Calheiros. O café da manhã reunirá no Palácio do Jaburu, residência oficial do vice-presidente Michel Temer, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está na capital para a Marcha das Margaridas, o próprio Renan e alguns senadores do PMDB, como Romero Jucá e Eunício Oliveira. Às 16 horas, no gabinete de Renan, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, voltará a discutir a chamada Agenda para o Brasil. Agora, com senadores de todos os partidos. Renan mandou convidar também os da oposição.

O café na casa de Temer foi pedido por Lula, que finalmente viu acolhido por Dilma seu conselho para buscar a reconciliação com Renan e o estreitamento dos laços com o PMDB do Senado. Renan pode não “unificar a todos”, como disse Temer naquela frase que deu panos para mangas, mas certamente está liderando o mais importante movimento agregador de apoios e dissipador do ambiente de crise. A presença de ambos no encontro com Lula serve até para neutralizar os boatos de ontem à tarde, de que Temer teria se incomodado com a emergência do presidente do Senado neste papel de grande bombeiro e mediador anti-crise. Ambos negaram qualquer mal estar. Se para Dilma Renan tornou-se um muro de arrimo, Temer continua sendo um pilar de sustentação. Lula tratará de valorizar o papel de cada um."