Páginas

terça-feira, 29 de setembro de 2015

A FRIA DO CARRO ZERO

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Fabricantes e revendas autorizadas de veículos ampliam o tempo de garantia para obrigar o consumidor a passar por revisões periódicas e caras, a cada 10 mil quilômetros.

Uma autorizada aumentou inclusive o prazo de garantia para 6 anos. Assim associa e assegura a sacola de bondade ao serviço espoliante por mais tempo. Mas não está sozinha nisso. Outras fabricantes aumentaram a garantia para 3 anos, tornando os compradores reféns de seus serviços para não verem seus veículos desvalorizados na revenda, pela falta dos carimbos nos manuais.

É preciso estar atento porque, principalmente agora que as vendas andam fracas, os preços dos serviços extras nas revisões passaram a ser exorbitantes.

Cobra-se pela lavagem do carro, pelo balanceamento e alinhamento das rodas. Há autorizadas cobrando 140 reais, quando o preço de mercado nas oficinas comuns gira em torno de 40 reais, com direito ainda a revisão a cada mês, durante 3 meses, coisa que as autorizadas não fazem.

A vistoria na autorizada, para manutenção da garantia, traveste venda casada, punida pelo código do consumidor. É forma de assegurar serviço pago no carro durante 3 anos. E o consumidor não consegue que a cláusula seja retirada do contrato ou do manual na hora da aquisição. É o famoso embrulha e manda. Fique de olho.

Falei e disse!