Páginas

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

A PROCURA DE RESPOSTAS
SOBRE A CRISE

José Carlos Cataldi, jornalista e advogado

Curioso o que se passa com o Brasil. Deve ser dessas ‘mumunhas’ da economia. O país é chamado de novo ao sacrifício porque as contas não batem e é preciso cobrir o prejuízo. Um orçamento deficitário foi apresentado. Creio eu que pela primeira vez na história. Isso fez a credibilidade do país desabar. O dólar, incontrolável, superou antes de qualquer previsão a casa dos 4. o preço do petróleo cai em todo mundo. A gasolina sobe nas refinarias e nas bombas brasileiras...

É ai que surgem minhas dúvidas... O ministro diz que é preciso ressuscitar a CPMF para cobrir o rombo da previdência. O rombo seria resultado da transposição de recursos para pagar a folha dos aposentados do serviço público, que não contribuíram nunca para a previdência social?

O orçamento está negativo, mas o governo diz que tem reservas de 300 bilhões de dólares, com as quais, aliás, tem nutrido o mercado cambial diariamente, e, a fundo perdido para não deixar o dólar subir mais diante da perda da confiança. A pergunta que não quer calar: por que não cobriu o rombo da previdência e do orçamento negativo com esse dinheiro, antes de deixar a credibilidade da nação ir para a vala comum dos países de risco?

Alguém precisa dizer isso ao Ministro da Fazenda para que ele não pense que somos todos ‘sem noção’.

Falei e disse!