Páginas

terça-feira, 6 de outubro de 2015

PRÉ-CANDIDATOS DE HOJE SERÃO
CANDIDATOS AMANHÃ EM TAUBATÉ?

O lapso de um ano que falta para a próxima eleição municipal torna tão curto o espaço de tempo entre o dia de hoje e o dia 2 de outubro de 2016, quando iremos às urnas eleger o novo prefeito desta urbe quase quatrocentona.

Pesquisas eleitorais e boatos se confundem e não ajudam a tornar a política um meio de debate civilizado entre concorrentes, com as raras exceções de praxe. Amigos de ontem tornam-se inimigos hoje. Vale tudo pelo poder.

A plantação de boates, sabemos, tem origem e endereço certo. É uma prática adotada desde os anos 1980 por Bernardo Ortiz: desqualificar o adversários, abatê-lo moralmente para pavimentar os caminhos que levam ao Palácio do Bom Conselho.

O PIG taubateano não agirá sozinho nem conduzirá a vontade dos eleitores ao bel prazer de quem detém o poder e o dinheiro, que será mais curto na próxima campanha eleitoral, sem a doação de empresas aos candidatos.

Os abusos econômicos serão facilmente identificados pela qualidade do programa eleitoral gratuito; pelos cabos eleitorais que estarão panfletando nas ruas e agitando bandeiras nas esquinas.

Teoricamente, os partidos lançam candidatos em condições de igualdade, pelo menos econômica, para disputar a Prefeitura de Taubaté. Menos mo PT.

O PT, que sempre teve dificuldade em Taubaté, terá muito mais na próxima eleição. Diria que o PT, nesta urbe, é quase um caso perdido. Quem será candidato a prefeito pelo partido?

A direção garante que o PT terá candidato. Mas, pergunto, quem? Salvador Khuriyeh? Salvador Soares? Isaac do Carmo? Julia Cruz? Quem, além desses nomes?

Os demais partidos começam a pré-campanha com os pré-candidatos Silvio Prado (PSOL), Chico Oiring (PRTB), Rubens Fernandes (PRB), Pollyana Gama (PPS) e, por enquanto, Ortiz Junior (PSDB). Se este não puder, o candidato tucano poderá ser o vereador Rodrigo Luís Silva – Digão.

As definições são provisórias, mas tendem a se confirmar quando os partidos, em suas convenções, escolherem seus candidatos.