Páginas

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

"GOVERNADOR PIRADO"

Silvio Prado, professor

De sigilo em sigilo
Alckmin mostra sua cara
Segurando em suas mãos
A aspereza de uma vara
Que bate e tanto arrebenta
Demolindo coisas raras
Tudo pelo Estado mínimo
Sua persistente tara.
O homem tem uma obra
Isso não é brincadeira
E por ela quer esconder
A incrível roubalheira
Que anda em trens do Metrô
Por duas décadas inteiras
Além de tentar esconder 
A secura da Cantareira.
Pretende até ocultar
Fatos graves da polícia
A mesma que bate, arrebenta,
Mas diz que só faz carícias
E há muito se especializou 
Em chacinas e sevícias
Ou alterar cenas do crime
Que tanto confunde a perícia.
Esse tucano pirado
Aprofundou sua piração 
Pois anda agora convencido
Que o saber não tem razão 
Dizendo que fechar escolas
Para o Estado é a solução:
“Dane-se o professor,
Foda-se a educação”.
E assim segue Geraldo
Com sua política em dia
Em cada ato agredindo 
O povo e a democracia
Como se na mente tivesse
Talvez certa anomalia
Exigindo urgentemente
Cuidados da psiquiatria.