Páginas

sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

SAIBA EM 13’ POR QUE MINISTRO
VOTA PELA CASSAÇÃO DE ORTIZ

O ministro Herman Benjamin, relator da ação cautelar 2230 e da AIJE 58738, pediu improvimento ao recurso do prefeito cassado em duas instâncias Ortiz Junior (PSDB).

Se o(a) amigo)a) navegante dispuser de 13 minuto, ficará sabendo exatamente como votou o relator e os questionamentos do ministro Henrique Neves, que não viu nexo causal entre as licitações fraudulentas praticadas na FDE em 2011 e a eleição municipal de 2012.

Preste atenção quando o ministro pede vista ao processo, adiando a decisão para 2016, quando o TSE será presidido pelo mais tucanos dos juízes das cortes judiciárias de Brasília: Gilmar Mendes.

Pela lógica de Henrique Neves, Eduardo Cunha (PMDB), o famigerado presidente da Câmara Federal, não poderia ser julgado por abuso de poder econômico, pois não haveria liame entre o que ele roubou em mais de 20 anos de vida pública e sua ascensão política atual.

Mas, vamos deixar a conversa de lado para assistir ao vídeo. São só 13 minutos...