Páginas

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

AUDIÊNCIA PÚBLICA SOBRE SAÚDE
EM PINDA SERÁ NO DIA 9 DE DEZEMBRO



TERÇA-FEIRA, 01 DE DEZEMBRO DE 2015

AUDIÊNCIA ADIADA – Se você tem críticas ou sugestões a fazer a respeito do Sistema de Saúde em Pindamonhangaba, não deve perder a oportunidade da audiência pública convocada pelo Vereador professor Osvaldo (PMDB). Adiada a pedido da secretária de saúde para 9 de dezembro, às 19 horas, na Câmara Municipal.

O DIA NA HISTÓRIA

TERÇA-FEIRA, 01 de dezembro. Faltam 31 dias para o fim do ano. 24 para o Natal. 248 para as Olimpíadas do Rio. 305 para as eleições de 2016... Dia Internacional de Combate à AIDS, dia do Casal e do Numismata – especialista em moedas. É aniversário do ator e diretor Woody Allen (1935). Morria David Ben Gurion, comandante das forças Israelenses (1973).

AMANHÃ FOI ASSIM

QUARTA-FEIRA, 02 de dezembro. Dia Internacional para a abolição da escravatura, dia Nacional do Samba, das Relações Públicas, da Astronomia e Dia Pan-americano da Saúde. Nascimento de Dom Pedro II (1825). King Camp Gillete patenteava o aparelho de barbear com lâminas (1901). Fidel e Che Guevara desembarcavam com 72 homens em Cuba para iniciar a revolução perdendo a maioria dos guerrilheiros no primeiro combate (1956). É aniversário do nadador Gustavo Borges (1972). Morte do narcotraficante colombiano Pablo Escobar (1993). 

Opinião

CRIAÇÃO ZELOSA É PRECEDENTE
PARA POSSE DE PAPAGAIO

Animal silvestre não pode ser criado em cativeiro sem permissão. No entanto, diante do convívio de um papagaio por mais de 50 anos com uma senhora, comprovado o zelo da cuidadora, a justiça federal gaucha entendeu que não seria razoável nem saudável para o animal ser retirado da casa. O auto de infração foi anulado. E como o IBAMA não devolveu o animal à sua dona, terá de pagar indenização de 2 mil e 500 reais por danos morais à idosa, em Porto Alegre.

A mulher já havia obtido êxito em primeiro grau, mas o IBAMA recorreu e perdeu de novo no Tribunal Regional Federal, abrindo precedente que faz sentido. Afinal, animais que se acostumam com humanos durante tantos anos, as mais das vezes morrem de paixão ao se verem separados.

Falei e disse