Páginas

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

BLOG DO CATALDI 1º/01/16

SEXTA-FEIRA, 01 DE JANEIRO DE 2016

O DIA NA HISTÓRIA

SEXTA-FEIRA, 01 de Janeiro. Ano Novo, vida nova.  Faltam 217 para as Olimpíadas do Rio. 275 para as eleições de 2016. Dia Universal da Confraternização. Navegadores portugueses chegavam à costa do continente sul-americano e apelidavam a atual cidade de Rio de Janeiro (1502). Na França, Wolfgang Amadeus Mozart, aos 8 anos de idade, tocava piano para a Família Real em Versalhes (1764). O líder da Revolução Norte-Americana, George Washington apresentava a primeira bandeira nacional dos Estados Unidos (1776). A França era admitida nas Nações Unidas (1945). O Sudão se tornava uma república independente (1956). Fidel Castro tomava o poder em Cuba após o ditador Fulgencio Batista fugir do país, buscando asilo na Republicana Dominicana (1959).

AMANHÃ FOI ASSIM

SÁBADO, 02 de janeiro. O fotógrafo francês Louis Daguerre tirou a primeira foto da Lua (1839). O Senador John F. Kennedy anunciava sua disponibilidade à candidatura a presidência dos Estados Unidos pelo Partido Democrata (1960). Ulysses Guimarães, presidente do PMBD, era eleito presidente da Constituinte (1987).

OPINIÃO

Parece que o objetivo deliberado de todo e qualquer governo é esfolar o aposentado. Primeiro exploram o trabalhador, obrigado a descontar para a previdência social. Depois mudam as regas do jogo com a partida em andamento. Chamam quem se aposenta de vagabundo, criando um tal fator. Aí, em meio ao julgamento da ‘desaposentação’ no Supremo, modificam a lei no Congresso, na tentativa de esvaziar o processo...

Agora, quando a inflação, chegada aos dois dígitos, projeta um ajuste de 11,57 % nas aposentadorias maiores que um mínimo, a Receita Federal anuncia que não vai atualizar a tabela de dedução do imposto de renda...

Isso significa dizer que o reajuste dos benefícios acima do salário mínimo já vem defasado. Aposentados que não pagavam imposto de renda vão pagar, e, os que descontavam na fonte vão descontar muito mais.

Por que não matam o velho de uma vez?

Falei e disse!