Páginas

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

AMATAU ANALISA DESEMPENHO
DE RODRIGO LUÍS SILVA - DIGÃO

Nome completo: Rodrigo Luís Silva
Partido: PSDB
LEI : ...................2013 = 4 / 2014 = 14 / 2015 = 10
LEI COMPL.: .. .NENHUMA
RESOLUÇÃO : 2013 = 0 / 2014 = 1 / 2015 = 0
DECRETO : .... 2013 = 1 / 2014 = 1 / 2015 = 0

Vendo os números tem-se impressão que fez alguma coisa, mas não se preocupem, das 28 leis, 14 são nomes de ruas e homenagens, e outras leis que se aplicam ao cotidiano podem ser consideradas cosmeticas e ainda tem alguns casos criam embaraços para os cidadãos que não tem o monopólio da segurança publica , onde empresarios chegam a ter serios problemas com seus clientes quando se trata do uso de telefonia.

Esta no terceiro mandato, não conseguiu ou não quis prestar esclarecimentos sobre o interesse publico das viagens e diárias da casa legislativa durante seu mandato como presidente que somaram R$ 300 mil em 2015, seus grandes feitos administrativos foi a realização de uma obra de R$ 610 mil equivalente a 5 apartamentos populares para reformas na casa legislativa com uma leve impressão que o molho ficou muito mais caro que o peixe, e sempre pensando no bem estar dos pares adquiriu 7 novos veículos e gastou apenas R$ 41 mil em copos descartáveis, com estas pequenas observações percebe-se a qualidade, probidade e economicidade com recursos públicos deste nobre edil.

Mas seu grande mérito é ser fã incondicional daquele astro de fama mundial chamado GATO FELIX, enfim, torcemos para que este singelo astro venham a colaborar em sua campanha garantindo pelo menos 160 mil votos para sua vitoriosa campanha, alem do voto do promotor publico local, que ficara muito feliz em receber o astro em seu suntuoso gabinete.
]
Quanto a explicar por que tem tantas viagens em seu gabinete,esqueçam, você que paga os R$ 5,8 milhões de sua milionária cadeira fica proibido de juntar o interesse publico com a farra das viagens e diárias, quem tem um gato FELIX de cabo eleitoral realmente não precisa dar satisfação para ninguém e muito menos quando envolve dinheiro publico, que por definição de políticos de qualidade irretocável, dinheiro publico não é de ninguém , então é de quem tem a chave do cofre, tai o resultado.

Principais votações:
2012:
– AUTOR do processo que pediu a abertura de nova Comissão Processante contra o ex-prefeito Roberto Peixoto (sem partido) no caso da Home Care.
– Apoiou ORTIZ JUNIOR (PSDB) na última eleição municipal.
2013:
– Votou A FAVOR do reajuste no salário dos secretários municipais.
– Votou pela APROVAÇÃO das contas de 2008 do ex-prefeito Roberto Peixoto.
– Votou A FAVOR da terceirização da gestão de serviços públicos por OS’s (Organizações Sociais).
– Votou pela REJEIÇÃO das contas de 2009 do ex-prefeito Roberto Peixoto.
– Votou A FAVOR do reajuste de 6,49% no próprio salário.
– Votou CONTRA a abertura da CP (Comissão Processante) das denúncias eleitorais contra o prefeito Ortiz Junior (PSDB).
– NÃO ASSINOU a abertura da CPI da Saúde.
– ASSINOU a abertura da CPI das Licitações.
– ASSINOU a abertura da CPI da Unitau.
– Votou A FAVOR do abono de R$ 2.000 para servidores da Câmara
– Votou A FAVOR do abono de R$ 500 para servidores da prefeitura
2014:
– Esteve AUSENTE na votação das contas de 2010 do ex-prefeito Roberto Peixoto.
– Votou A FAVOR da redução de 4 UFMT’s para 0,2 UFMT no valor máximo de dívidas que poderão ser perdoadas pelo município, no projeto da minirreforma tributária.
– Votou A FAVOR de limitar a isenção do IPTU para um único imóvel do munícipe portador de deficiência, no projeto da minirreforma tributária.
– Votou CONTRA ampliar de 2% para 3% a alíquota do ITBI, no projeto da minirreforma tributária.
– Votou A FAVOR de parcelar o pagamento do ITBI em seis vezes, no projeto da minirreforma tributária.
– Votou CONTRA ampliar de 2% para 5% a alíquota do ISS pago por empresas de vigilância e monitoramento, no projeto da minirreforma tributária.
– Votou A FAVOR de ampliar de 60 para 120 meses o prazo de parcelamento de dívidas que ultrapassem R$ 500 mil, no projeto da minirreforma tributária.
– Votou A FAVOR de ampliar de15 para 30 anos o prazo máximo para que as grandes empresas sejam beneficiadas com isenção do IPTU e redução da alíquota do ISS, no projeto da minirreforma tributária.
– Votou A FAVOR do fim de incentivos fiscais para empreendimentos na ZEIS, no projeto da minirreforma tributária.
– ASSINOU a abertura da CPI da Dengue.
– Votou A FAVOR do reajuste de 6,28% no próprio salário.
– Votou CONTRA a abertura da CP (Comissão Processante) por suposta infração político administrativa do prefeito Ortiz Junior (PSDB), ao não conceder reajuste salarial para o funcionalismo.
– Votou CONTRA a criação de 11 cargos comissionados para a prefeitura.
– Votou A FAVOR da criação do Plano de Amortização do Déficit Atuarial do IPMT (Instituto de Previdência do Município de Taubaté).
– Votou CONTRA a criação da Taxa de Luz em Taubaté.

2015:
– NÃO ASSINOU a abertura da CPI da Superbactéria do Hospital Universitário
– ASSINOU a abertura da CPI dos Radares
– Votou pela REJEIÇÃO das contas de 2011 do ex-prefeito Roberto Peixoto.
– Votou pela REJEIÇÃO das contas de 2012 do ex-prefeito Roberto Peixoto.
– Votou A FAVOR do reajuste de 6,5% no próprio salário.
– Como presidente da Câmara, NÃO PARTICIPOU da votação do veto do prefeito que proibiu fiscalizações não agendadas em escolas municipais.
– Votou A FAVOR do empréstimo de US$ 60 milhões junto ao CAF (Banco de Desenvolvimento da América Latina).
– Como presidente da Câmara, NÃO PARTICIPOU da votação do projeto que autoriza o município a usar bens e recursos da prefeitura, Unitau e IPMT como garantia nos contratos de PPP.
– Votou A FAVOR do pacote de projetos que autoriza o município a doar 14 áreas para empresas.