Páginas

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

ORTIZ JUNIOR CRIA DIA MUNICIPAL
ANTICORRUPÇÃO. QUÁ QUÁ QUÁ QUÁ!

O século XXI está na metade de seu segundo decênio, mas a piada do século está contada, ou melhor, escrita pelo prefeito (não se sabe até quando) José Bernardo Ortiz Monteiro Junior e seu capataz na Câmara Municipal, vereador Diego Fonseca (PSDB).

Ortiz Jr combatendo corrupção? Quá quá quá quá!!! (Foto: Gazeta de Taubaté
O autor da lei, que deverá ser comemorada todo dia 9 de dezembro, responde por improbidade administrativa na Vara da Fazenda Pública de Taubaté.

O processo 1015213-75.2015.8.26.0625 é uma ação civil pública promovida pelo Ministério Público, por dano ao erário público. Quem estiver interessado em ver o processo na internet, acesse este link este link.

Quá quá quá quá!... não consigo conter a gargalhada!

Ortiz Junior responde a processo na 14ª Vara da Fazenda Pública da Capital  por improbidade (0045527-93.2012.8.26.0053) O processo, instaurado em 2012 (veja este link) está concluso, mas ainda não foi sentenciado por conta das ações protelatórias impetradas pelos advogados dos réus Ortiz Jr, Ortiz Sr e das empresas que participaram do cartel para fornecimento de 4 milhões de mochilas à FDE.

Pensam que acabou?

Tem o processo 0001239-76.2011.8.26.005, no qual Ortiz Junior foi condenado em primeira instância a devolver à Prefeitura de São José do Barreiro a importância de R$ 133 mil. O processo está em grau de recurso.

Cabe uma explicação: Ortiz Junior e seu Instituto Gondwana foram contratados para elaborar o plano diretor do simpático município da Serra da Bocaina. Receberam R$ 44 mil pelo serviço, mas não o entregaram. Daí a condenação pela Comarca de Bananal.

Para mais informações acesse este link.

Nem preciso lembrar os caros leitores que Ortiz Junior está por um fio no cargo de prefeito, de onde poderá ser apeado até o final do mês de abril deste ano, para ficar bem claro.

O processo 58738, que já decretou a cassação do tucano em duas instâncias está para ser julgado definitivamente pelo TSE.

Ah! Ainda tem o processo eleitoral 94418, no qual Ortiz Junior foi condenado em primeira e segunda instância, com novo recurso tucano em terceiro grau.

Há por fim, o processo eleitoral 95282. Neste, está em curso uma investigação judicial eleitoral, iniciada em dezembro de 2012, que passou por São Paulo, chegou Brasília e retornou a Taubaté para ser julgado.

Não houve julgamento até agora porque o MPE e a JE local decidiram esperar o julgamento da ação que cassou o mandato do tucano.

E Ortiz Junior, com a inefável colaboração de Diego Fonseca, cria o Dia Municipal de Combate à Corrupção.

Quá quá quá quá!!!