Páginas

quinta-feira, 10 de março de 2016

CONSERINO E BLAT REPRESENTAM
O QUE HÁ DE PIOR NA ALMA HUMANA

A mediocridade de Conserino  e a inconsistência de seu pedido não levarão Lula á prisão. Vão levá-lo ao Planalto

Ainda que Lula tivesse comprado o triplex no Guarujá. Ainda que Lula fosse o dono do sítio de Atibaia, compras que o ex-presidente nega veementemente, os promotores de (in)justiça Cássio Conserino e José Carlos Blat querem apenas desfrutar  de seus 15 minutos de fama.

Nestes dias, Conserino e Blat fazem o jogo do golpe: assumem o protagonismo temporário nas páginas e nas imagens do PIG (partido da imprensa golpista) e dão refresco ao atacado Sérgio Moro pelo fracasso na tentativa de prender Lula na semana passada.

Caberá à juíza Maria Priscilla Ernandes Veiga Oliveira, da 4ª Vara Criminal de São Paulo, decidir na próxima segunda-feira (14) se acata o pedido de prisão do ex-presidente feita por um trio de promotores irresponsáveis que sabem que o atalho para a fama é tripudiar sobre Lula: Ganham capa da Veja, manchetes na Folha, Estadão, O Globo e, quem sabe, até alguns minutos no JN.

Conserino e Blat representam o que há de mais pérfido na alma humana. São seres desprezíveis, capazes de qualquer atitude que seja conveniente aos seus propósitos de alcançarem a fama de justiceiros que a direita calhorda tanto festeja. Nem Conserino nem Blat são justiceiros, como também não são inocentes.

Veja aqui e aqui a condenação sofrida por Conserino por vazar informações sobre acusados de cometimento de crimes (que não foram condenados) ainda em fase de investigação e José Carlos Blat, acusado de vários crimes, segundo a corregedoria do MP.

Até a Globo, a verdadeira cabeça do golpe, já manda sinais à juíza da 4ª Vara Criminal de São Paulo que é contra a prisão de Lula.

A mesquinhez da direita brasileira empurra Lula para o centro das discussões políticas e o tornará presidente em 2018.