Páginas

sexta-feira, 4 de março de 2016

SÓ AGORA MORO
BUSCA A VERDADE?

A operação Aletheia (expressão grega que significa “em busca da verdade”) desencadeada na manhã desta sexta-feira (4) pela Policia Federal por ordem de Sérgio Moro busca a verdade apenas dois anos após o início da Operação Lava Jato.

O nariz empinado de Moro é um reflexo de sua personalidade arogante
A ação espetaculosa desta manhã já era aguardada pela Folha, Estadão, Globo, Jovem Pan, CBN desde a noite de ontem.

Depois de tantas prisões ilegais, empreiteiros submetidos á sanha do juiz de Curitiba, que tem como missão principal destruir a imagem de Lula e impdir sua volta á presidência em 2018, o que acabará por acontecer.

Lula é sertanejo. Lula veio para São Paulo de pau-de-arara, quando a fome e a seca grassavam no Nordeste.

Na Grande São Paulo Lula foi operário de fábrica e o maior líder sindical que este país já teve.

Na presidência da República, Lula deu início à transposição do rio São Francisco, o Velho Chico, para suprir a necessidade do sertanejo.

A transposição do São Francisco não foi ideia do Lula. Foi ideia de D. Pedro II.

O projeto ficou engavetado por mais de 100 anos. A obra, iniciada em seu governo, teve continuidade no governo Dilma e está em fase de conclusão.

A tabelinha Moro-PIG vem sendo denunciada por blogueiros independentes há quase dois anos, pois os vazamentos da investigação curitibana só pega petista.

Quantas vezes você leu vazamentos sobre Aécio Neves e a Lista de Furnas. O propineiro mineiro, segundo os delatores, era o “mais chato” a cobrar seu quinhão no butim.

Moro sabe de tudo isso, mas a verdade verdadeira para ele é provar que Lula é corrupto, que acobertou a corrupção na Petrobras, que tentou abafar a Lava Jato.

Moro, em ação coordenada com o PIG selvagem, que não faz jornalismo, quer desmoralizar Lula, mas não conseguirá.

Haverá reação popular, greve, protestos nas redes sociais.

Moro não quer acabar com a corrupção. Moro quer destruir o Brasil. Moro quer o povo na idade média brasileira, suplicando por um prado de comida ou uma vaga na escola para seus filhos.

Dilma, republicanamente, demorou demais para trocar seu ministro da Justiça. Dilma errou, mas continuarei cerrando fileira ao lado de nossa presidenta.

O Coletivo Antigolpe criado em Taubaté precisa se reunir nos próximos dias para combater Moro e a imprensa golpista.

Não podemos ter medo de ser felizes!