Páginas

terça-feira, 8 de março de 2016

VOCÊ TEM A OBRIGAÇÃO DE
DEFENDER A DEMOCRACIA!



Você, eu, todos nós temos a obrigação de defender a democracia e o estado democrático de direito, que significa o direito de ir e vir, de se reunir, de protestar e, acima de tudo, lutar contra as arbitrariedades jurídicas e midiáticas.

O que está acontecendo hoje, no Brasil, é reflexo do avanço da direita, que perdeu quatro eleições para a presidência da República, e da inação do próprio governo, que deixou o juiz Sérgio Moro, a Polícia Federal e o Ministério Publico Federal a vontade para barbarizar o estado democrático de direito.

Milhões de brasileiros, como eu, tinham entre 12 e 14 ano quando o golpe militar de 64 foi instalado no Brasil e varrido apenas 21 anos mais tarde, após milhares de mortes e desaparecidos políticos, torturas (a presidenta Dilma foi uma das torturadas) e prisões ilegais.

Por trás do movimento golpista de 2016 está a mesma Globo, que usou sua emissora de rádio e o jornal em 1954 para levar Getúlio Vargas ao suicídio, forjando notícias sobre corrupção jamais comprovadas, tendo Carlos Lacerda, o Covo, como seu porta-voz.

Da mesma forma, o jornal O Globo e a Rádio Globo infernizaram a vida de João Goulart - Jango, que havia tomado posse na presidência após a renúncia de Janio Quadros para criar um parlamentarismo de araque, rechaçado pelo povo brasileiro um ano depois.

A Globo apoiou o golpe de 64 e tornou-se poderosíssima. Obteve empréstimo bilionário do grupo Time-Life, com a ingerência velada dos americanos em sua programação e um jornalismo servil, sempre pronto a atender os interesses do Tio Sam.

O que estamos vivendo hoje é a repetição de 54 e 64. A mídia, que se arvorou como a verdadeira oposição aos governos trabalhistas de Lula e Dilma, concentrada nas mãos de poucas famílias, sempre com a Globo como o farol dos golpistas.

Sem um Carlos Lacerda para discursar contra a corrupção, sem nenhum talento entre os oposicionistas, a Globo se vale do juiz Sérgio Moro par combater a “corrupção”, solapa\r o estado de direito e ferir de morte a constituição.

O objetivo da lava Jato nunca foi combater a corrupção. O objetivo, está cada vez mais claro, é combater o PT, derrubar Dilma e impedir a candidatura de lula à presidência em 2018.

O golpe está nas ruas, insuflado pela Fiesp, a mesma Fiesp que ajudou o golpe de 64.

O golpe está nas ruas, insuflado pela igreja, a mesma igreja que promoveu a Marcha com Deus pela Liberdade em 64.

O golpe será impedido pelos cidadãos de bem, pelos sindicatos, pelos movimentos sociais e pelos que entendem que garantir o estado democrático de direito é mais importante que derrubar Dilma ou prender Lula.

Diga não ao golpe! Defenda sua liberdade! A luta é de todos nós, democratas.

Sua participação na reunião que será realizada na Câmara Municipal de Taubaté nesta quarta-feira (9), às 19 horas, é a garantia que temos para impedir a volta da ditadura que tanto nos infelicitou.