Páginas

sexta-feira, 8 de abril de 2016

VEREADOR MARTIN CESAR
É INDICIADO POR PECULATO




PROVALE 

EM EDIÇÃO EXTRAORDINÁRIA 

E atenção!!!

A promotora Paula Gizzi acaba de distribuir denuncia-crime em face do vereador Martin César, por conta do episódio dos blocos que teriam sido retirados da Câmara Municipal. O processo, por peculato, é fundamento no artigo 312 parágrafo 1º, combinado com o artigo 71, ambos do Código Penal, seguindo denúncia do cidadão Cláudio Anderson Tótaro. A promotora também distribuiu ação civil pública contra o mesmo vereador, com a mesma motivação, mas, nesta segunda, enquadrando o edil por improbidade administrativa e pedindo a condenação alternativa por multa de 2 vezes o valor do dano ao erário ou de 10 a 100 vezes o valor da remuneração. Martim César ainda poderá ter direitos políticos suspensos entre 5 e 8 anos. Quem quiser conferir, basta acessar o site do Tribunal de Justiça de São Paulo e clicar 1001474-56.2016.08.26.0445 para o processo criminal e 1001472-86.2016.8.26.0445 para a ação civil pública..