Páginas

quinta-feira, 19 de maio de 2016

“FANTASMA” DO LUIZINHO CUSTOU
R$ 102 MIL EM 20 MESES NA CÂMARA

Funcionário fantasma de Luizinho da Farmácia custou mais de R$ 100 mil em 20 meses de Câmara municipal

Os mais de mil internautas que acessaram a postagem feita no início da tarde desta quarta-feira (19) sobre o “fantasma” no gabinete do vereador Luizinho da Farmácia merecem saber mais à respeito.

Renato Righi de Carvalho, o assessor “fantasma” do vereador Luizinho da Farmácia, que ganha R$ 5.122,87 bruto na Câmara Municipal, já custou aos cofres públicos a importância de R$ 102.457,40.

Os pagadores de impostos da terra de Monteiro Lobato gostariam de saber qual foi a produção fantasmagórica de Renato Righi de Carvalho para merecer a bufunfa, perguntariam os membros da Amatau.

Fiz minhas continhas e concluí que, pela “produção” no trabalho que exerce na Câmara Municipal, onde é mero desconhecido, Renato Righi de Carvalho é um empregado muito caro para os taubateanos sustentarem.

Vejamos:

20 meses de salário = R$ 102.457,40
20 meses de contribuição sobre o salário = R$ 31.708,00
20 meses de recebimento líquido = R$ 70.749,50

Ou seja, em 20 meses de assessoria fantasma, Renato Righi de Carvalho ganhou, à custa do imposto que pagamos, dois carros populares zero quilômetro.

Quem não quer ganhar dois carros “zerinho zerinho” sem precisar assombrar ninguém?

NOTA DA REDAÇÃO: Pesquisei no Face e no Linkedin em vão. Renato Righi de Carvalho não possui páginas nestas redes sociais.