Páginas

terça-feira, 31 de maio de 2016

TCE REPROVA CONTAS DE VAQUELI

Levantamento feito pelo professor Fábio Casagrande sobre as finanças públicas de Tremembé é devastadora para o prefeito Marcelo Vaqueli, que acaba de ter suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do Estado de são Paulo.

Professor Fábio Casagrande levanta "rombos" na Prefeitura de Tremembé e contas de Vaqueli rejeitadas pelo TCE
“Não foram destinados recursos para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente”

Fábio Casagrande, professor

R$ 6.007.853,92 milhões é a dívida com a Bandeirante.

R$ 2.901.128,27 milhões é a dívida com a Sabesp.

Saúde Terceirizada R$ 6.000.000,00 milhões.

Transporte Escolar Terceirizado R$ 1.800.000,00

Escolas Rurais Fechadas.

Biblioteca Fechada.

Hospital Bom Jesus Fechado.

Não há Maternidade.

Baixo investimento no ensino, apenas, 24,37%. Não cumprindo o artigo 212 da Constituição.

Folha de Pagamento atingiu 57,19%.

Sistemático pagamento de profissionais por meio de RPA (Recibo de Pagamento a Autônomo).

Altas despesas com alimentação, reembolsadas ao executivo, em desacordo com os princípios da economicidade.

Efetuou-se pagamento de serviços não prestados, ensejando em má administração do dinheiro público.