Páginas

sábado, 30 de julho de 2016

JOFFRE, VOCÊ TEM LEITURA
PARA ESTE FIM DE SEMANA?

Joffre, não deixe de ler o que lhe mando nem se esqueça que a Justiça está te pegando por improbidade


Vou facilitar a sua vida e a de quem usa “fake” para falar de minha passagem pela Tribuna do Norte, em Pindamonhangaba, onde presidi a Fundação Dr. João Romeiro entre 2005 e 2008, no primeiro mandato do ex-prefeito João Ribeiro (PPS).

Você ainda deve se lembra do debate que tivemos em 2012, no programa Cidade em Ação, da TV Cidade. Fazia pouco mais de um mês que eu havia deixado o hospital. Estava convalescendo.

Pois é Joffre...

Você se aproveitou de minha fragilidade física naquele momento e deitou falação a meu respeito.

Disse que eu tive contas rejeitadas em minha passagem pela FJR.

Só pude chamá-lo de mentiroso naquele debate porque não lembrava que havia interposto recurso na rejeição da conta da FJR de 2008.

Já estávamos em 2012. Lembra-se?

Pois é! O tempo passou, meu recurso foi provido pelo Tribunal de Contas. Portanto, sou probo.

Quantas pessoas você conhece que recorreu ao TC e teve a sentença modificada de REJEITADA para APROVADA.

Eu sou uma dessas pessoas Joffre e “fakes” que duvidam de minha honestidade.

Joffre, você responde a dois processos por improbidade em Taubaté e São Luiz do Paraitinga.

Os dois estão praticamente conclusos, prontos para serem sentenciados.

Sei não, mas creio que você será sentenciado antes das eleições de outubro.

S isto ocorrer, Catão da Vila São Geraldo, você vai engrossar a fila de desempregados, que aumenta a cada dia com o governo golpista de Michel Temer, a quem você apoia.

Aproveite bem seu fim de semana fazendo uma rápida leitura da publicação do TC sobre o PROVIMENTO a meu recurso. A decisão foi colegiada.

Bom fim de semana!

A C Ó R D Ã O
RECURSO ORDINÁRIO

TC-004032/026/07
Recorrente: Irani Gomes de Lima – Ex-Presidente da Fundação Dr. João Romeiro.
Assunto: Balanço geral da Fundação Dr. João Romeiro de Pindamonhangaba, referente ao exercício de 2007.
Responsável: Irani Gomes de Lima (Presidente à época).
Em Julgamento: Recurso Ordinário interposto contra a sentença publicada no D.O.E. de 27-05-11, que julgou irregulares as contas, nos termos do artigo 33, inciso III e artigo 2º, incisos XV e XXVII, da Lei Complementar nº 709/93.
Acompanha: TC-004032/126/07.

Vistos, relatados e discutidos os autos.

ACORDA a Segunda Câmara do Tribunal  de Contas do Estado de São Paulo, em sessão de 15 de abril de 2014, pelo voto dos Conselheiros Sidney Estanislau Beraldo, Relator, Antonio Roque Citadini, Presidente, e Robson Marinho, na conformidade das correspondentes notas taquigráficas, preliminarmente conhecer do recurso ordinário e, quanto ao mérito, dar-lhe provimento a fim de julgar regulares as contas da Fundação “Dr. João Romeiro” de Pindamonhangaba, sem prejuízo das recomendações constantes no voto do Relator.
Presente a Procuradora do Ministério Público de Contas – Renata Constante Cestari.

Publique-se.
São Paulo, 8 de maio de 2014


ANTONIO ROQUE CITADINI - Presidente


SIDNEY ESTANISLAU BERALDO - Relator
ft.