Páginas

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

CARLOS PEIXOTO E LUIZINHO DA FARMÁCIA
RECORREM PARA GARANTIR CANDIDATURA

Luizinho da Farmácia aguarda aprovação de recurso ao STJ para disputar a eleição municipal de 2016

Os vereadores Carlos Peixoto (PTB) e Luizinho da Farmácia (PROS) não estão tendo vida fácil para garantir suas candidaturas à releição em outubro.

Ambos recorrem ao STJ. Entraram com pedido de ação cautelar (petição 11.644), que foi negada pela ministra Assusete Magalhães por um pequeno detalhe: Peixoto e Luizinho da Farmácia não apresentaram o registro de suas candidaturas.

O vereador Carlos Peixoto explicou que o PSDB, partido ao qual está coligado, só registrou as candidaturas na segunda-feira (15), motivo pelo qual não pôde comprovar seu registro formal de candidato.

Na próxima segunda-feira (22) os advogados de Peixoto e Luizinho da Farmácia encaminharão ao STJ as comprovações das candidaturas registradas.

Carlos Peixoto não tem dúvida que a ministra Assusete Magalhães reconhecerá o pedido feito e concederá o direito de disputar a próxima eleição municipal.