Páginas

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

“TRIBUNAL DE CONTAS NÃO SERVE
PRA MERDA NENHUMA”, DIZ VEREADOR

Plenário da Câmara Municipal de Tremembé lotou na véspera do feriado de 12 de outubro. Vereadores rejeitam parecer
do Tribunal de Contas a aprovam contas de Vaqueli de 2013, reprovada pela corte de contas paulista
O vereador Renato “Tata” Vargas não disse o que disse apenas uma vez.

Nas duas oportunidades que o futuro vice-prefeito de Tremembé ocupou a tribuna da Câmara Municipal para defender a aprovação das contas do prefeito Marcelo Vaqueli, de 2013, reprovada pelo Tribunal de Contas, usou o termo chulo.

A Câmara estava lotada.

Do lado direito da plateia estavam os cidadãos contra a aprovação do decreto legislativo nº 168. Do lado esquerdo estavam os militantes pró-Vaqueli.

O ex-prefeito Antonio Carlos Ferreira – Metralha, usou a tribuna para defende o projeto legislativo.

O vereador e futuro vice-prefeito de Tremembé, Tata Vargas, se destemperou em sua fala quando uma munícipe o interpelou.

A rudeza de Tata Vargas foi injustificada. Afirmou que depois da sessão estaria “lá fora para conversar”.

Aludiu à sua condição de guarda de presídio, acostumado a lidar com presidiários, por ser truculento. “Este é meu jeito” disse.

Votaram contra o projeto Alex Chiaradia (PSB), Jair Bento de Souza - Jair Neguinho (PSC) e Scheherazad do Prado (PV).

Votaram a favor do projeto Adriano dos Santos (SD), Antonio Carlos (PSB), Charles Amaro (PDT), Carlinho de Lima (PV), Tata Vargas (PSD) e Silvio Monteiro (PSB).

Para ouvir a gravação em que Tata Vargas diz que o Tribunal de Contas “é uma merda”, acesse este link http://www.tremembe.sp.leg.br/institucional/audios