Páginas

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

POLLYANA VOA PARA BRASÍLIA

A vereadora Pollyana Gama (PPS) agradece o apoio que recebeu de Padre Afonso (PV) na corrida eleitoral para a Prefeitura
A vereadora Pollyana Gama (PPS) perdeu a eleição para prefeita de Taubaté. Não foi a vencedora, mas saiu vitoriosa. Deve assumir uma vaga de deputada federal em lugar de Bruno Covas (PSDB), eleito vice-prefeito da Capital.

Nada mais verdadeiro que aquele velho e surrado dito popular: “Entre mortos e feridos, salvaram-se todos.

Bruno Covas, neto do ex-governador Mário Covas, deve renunciar ao cargo de deputado federal em 31 de dezembro deste ano, deixando a vaga para a primeira suplente da coligação PSDB-DEM-PPS, exatamente a vereadora Pollyana Gama.

A falta de empenho, e de investimento, da vereadora em seus últimos dias de campanha pode explicar muitas coisas.

Deixo para a inteligência do eleitor taubateano a conclusão sobre o quadro político que se avizinha.

Pollyana é do PPS, partido aliado ao PSDB de Alckmin.

Fará oposição ao governo golpista de Michel Temer, que chegou ao poder com apoio do PSDB e do próprio PPS?

Acompanharemos o desempenho de Pollyana Gama quando ela assumir, de fato, seu lugar na Câmara Federal.

Até lá, haverá muita especulação em torno de seu nome e de sua conduta política nos últimos anos.

Aqui, os últimos suplentes que assumiram a vaga deixada pelos titulares na Câmara Federal.

Pollyana Gama é, hoje, a primeira suplente.

Thame (Antônio Carlos Mendes Thame) – PSDB – 0,50% - 106.676 votos (mudou para o PV)
Assumiu a partir de 19 de abril de 2016

Lobbe Neto (Antônio Adolpho Lobbe Neto) – PSDB – 0,37% - 77.793 votos
Assumiu a partir de 19 de abril de 2016
Pastor Marcelo Aguiar (Marcelo Theodoro de Aguiar) – DEM – 0,31% - 65.970 votos
Assumiu a partir de 19 de abril de 2016

Roberto Freire – PPS – 0,30% - 62.823 votos
Assumiu a partir de 19 de abril de 2016

Pollyana Gama – PPS – 0,17% - 35.854 votos
Primeira suplente

OBS: Com a eleição do deputado federal Bruno Covas (PSDB) para o cargo de vice-prefeito de São Paulo, a vereadora Pollyana Gama (PPS) assume a vaga na Câmara dos Deputados, a partir de 1º de janeiro.

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Câmara dos Deputados