Páginas

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

TUCANO DENUNCIA COMPRA
DE SENTENÇAS EM BRASÍLIA

A absolvição de Ortiz Junior no rejulgamento de sua ação pelo TSE é um mistério que levaremos anos para desvendar
Quem acompanha a política taubateana e se interessou pelo julgamento dos embargos de Ortiz Junior pelo TSE no último dia 25 de outubro certamente ficou estupefato com a decisão da corte eleitoral superior, que acolheu os embargos do tucano taubateano.

Foi uma sessão exdrúxula, na qual o ministro Gilmar Mendes ignorou a súmula 7 do STJ e pôs em julgamento o julgamento de 1º e agosto que condenou Ortiz Junior á perda do mandato eleitoral.

O que vocês assistirão abaixo é o depoimento do prefeito afastado de Ferraz de, Acir Filló (PSDB), ex-afilhado político de Geraldo Alckmin.

O tucano da Grande São Paulo acusa advogados goianos de o procurarem para “vender” sentença favorável ao seu recurso que tramitava no STF.

Acir Filló cita nominalmente o ministro Ricardo Lewandowski em sua denúncia, gravada pelo blog do Jota, de onde extraí o depoimento.

Tudo o que se comentou nos bastidores sobre a absolvição de Ortiz Junior, há inclusive uma gravação comprometedora à respeito, recebe luzes a partir do depoimento do ex-prefeito tucano.

Assistam ao vídeo e tirem suas próprias conclusões.