Páginas

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

MP DETONA BOMBA NO COLO
DO PREFEITO "DESCASSADO"

Antes da posse para o 2º mandato, prefeito "descassado" pode
separar mais alguns $$$ milhões para se defender na Justiça
Se o juiz da Vara da Fazenda Pública de Taubaté aceitar a denúncia apresentada nesta terça-feira (20/12) pelo Ministério Público, o prefeito “descassado” José Bernardo Ortiz Monteiro Junior terá mais dor de cabeça logo no início de seu segundo mandato.

O Ministério Público de Taubaté, em ação muito bem fundamentada, descreve item por item os acordos escusos de Ortiz Junior com a empresa Vale Sul, envolvendo doação de área e patrocínio da equipe de vôlei da cidade.

Acostumado á impunidade, haja vista o resultado de seu rejulgamento pelo TSE (algo inexistente até então), que devolveu-lhe o mandato que já havia sido cassado em agosto deste ano, o prefeito “descassado” se mete em outra confusão jurídico-administrativa..

O acordo de Ortiz Junior com a Vale Sul você lerá no documento abaixo, da lavra do Ministério Público, que pede a condenação de José Bernardo Ortiz Júnior e a suspensão de seus direitos políticos por cinco anos.