Páginas

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

FANTASMA PINDENSE ASSOMBRA ALESP

"Fantasma" pindense ainda está na ativa, segundo dados extraídos esta tarde da página da transparência da Alesp
A Procuradoria de Justiça do Patrimônio Público da Capital apura a existência de um fantasma com residência em Pindamonhangaba agregado ao gabinete do deputado Padre Afonso lobato (PV).

O inquérito foi instaurado em 10 de novembro do ano passado e atinge Maria Francisca Galvão Ramos Mello, esposa do ex-vereador Paulo Ramos Mello, uma espécie de assessor informal do deputado taubateano.

O MP recebeu a informação que Maria Francisca recebia seus vencimentos sem exercer a função para a qual fora contratada pelo gabinete do deputado Padre Afonso.

A denúncia é de setembro do ano passado.

O vencimento de Maria Francisca Galvão Ramos Mello em dezembro do ano passado foi de R$ 14.365,68,.segundo a tabela de vencimentos de funcionários da Alesp.

A esposa do ex-vereador Paulo Ramos Mello é Assessora Especial Parlamentar, código 0112.

Veja na tabela\ abaixo:


A influência do deputado Padre Afonso em Pindamonhangaba é maior do que se pode imaginar.