Páginas

quinta-feira, 6 de abril de 2017

COLIGAÇÃO DO “DESCASSADO” NÃO TEM MAIS PRAZO PARA RECORRER DA “DESCASSAÇÃO”

Coligação que elegeu "descassado" não pode recorrer da "descassação". A Inês é morta, dsiriam os portugueses

Quá quá quá quá!

Atenção! Atenção! O TSE informa:

Decurso de prazo para Recurso em 23/03/2017 para COLIGAÇÃO TAUBATÉ COM TUDO DE NOVO, EDSON APARECIDO DE OLIVEIRA

Tentarei explicar o juridiquês impoluto dos operadores do Direito.

Em português claro, significa que a coligação que elegeu Ortiz Junior em 2012 não pode mais recorrer da “descassação” do tucano, fato inédito nos tribunais eleitorais do Planeta.

Só mesmo um tribunal com Gilmar Mendes e Napoleão Nunes é capaz deste tipo de aberração: ignorar a súmula 7 do STJ e alterar um julgamento anterior em benefício do réu.

Para quem ainda se interessa pelo assunto, uma vez que “Inês é morta”, isto é, não adianta mais recorrer, acesse este link

PROCESSO 58738